Fundo LGC - Lusitano Ginásio Clube

Zona de identificação

Código de referência

AMEVR/AI/AASS/LGC

Título

Lusitano Ginásio Clube

Data(s)

  • 1911 - 2019 (Produção)

Nível de descrição

Fundo

Dimensão e suporte

325 u.i (31 Lvs., 290 Cxs., 3 Pts., 1 dossier), papel

Zona do contexto

Nome do produtor

História biográfica

Entidade detentora

História do arquivo

A prática desportiva tinha-se iniciado em Évora no último quartel do século XIX mas, efetivamente só se desenvolveu com o advento da República, período em que se processou a introdução dos jogos com bola, nomeadamente o futebol.
A Associação de Classe dos Empregados do Comércio, em 1909, disponibilizou para os seus empregados se familiarizarem com as técnicas, regras e princípios elementares do futebol, algumas bolas.
Logo de seguida, em 1911, um grupo de jovens estudantes liceais e da escola comercial e marçanos do comércio reunidos no adro da Igreja da Graça, em Évora, resolveram criar um clube de futebol.
Assim, reuniram-se em 11 de novembro, do mesmo ano, na Rua das Fontes, nº3, em casa do Professor Dâmaso Simões, e fundaram o Lusitano Futebol Clube.
Em 4 de setembro de 1925, na Esplanada do Eden Teatro, reunidos em Assembleia Geral, devido ao número de outras modalidades praticadas em recinto fechado, resolveram substituir a designação de Futebol por Ginásio, sob o lema “Fazer Forte Fraca Gente”, sendo o mais antigo clube do Alentejo.
Os pleitos futebolísticos jogavam-se então no Campo do Liceu, no Rossio de S. Brás, na Cerca da Casa Pia e na Eira da Quinta da Malagueira. Mas, em 1914, os elementos do Ateneu, conseguiram que as irmãs Maria Inácia Fernandes Homem e Maria Luisa Mattos Fernandes alugassem por 15 anos, o ferragial da Estrela, onde veio a nascer o primeiro campo de futebol de Évora, o atual Campo Estrela, do Lusitano Ginásio Clube.
A 3 de fevereiro de 1931 o clube comprou, por trinta mil escudos, o Campo Estrela
Os jovens fundadores tornaram-se homens e começaram a jogar com as segundas categorias do Vitória Académico, da Real Casa Pia, empregados do comércio, Sporting, Ateneu, Graça, Eborenses, Álvaro Gaspar e Pedestrianistas.
Em 1917/18 ganhou o primeiro Campeonato de Évora.
Na época de 1926/27 ganhou o 1º Campeonato do Distrito.
Participou em todas as provas de Futebol Nacional, sendo de destacar as catorze épocas, consecutivas em que participou no Campeonato Nacional da 1ª Divisão, onde obteve o 5º lugar bem como a chegada às meias finais da Taça de Portugal.
Na época desportiva de 2018-19, venceu a Liga Century 21.
O Lusitano Ginásio Clube é Membro Honorário da Ordem do Infante D. Henrique, Oficial da Ordem Militar de Cristo, Medalha de Bons Serviços Desportivos, Medalha de Mérito Desportivo, Medalha de Bons Serviços F. P. Ginástica e Louvado pela Câmara Municipal de Évora.

Fonte imediata de aquisição ou transferência

Zona do conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

Documentação criada em função da atividade desenvolvida pelo Clube.

Avaliação, selecção e eliminação

Ingressos adicionais

Sistema de organização

Cronológico

Zona de condições de acesso e utilização

Condições de acesso

A documentação poderá ser acedida na Sede do Clube.

Condiçoes de reprodução

A documentação para ser reproduzida terá que ter autorização da Direção do Clube.

Idioma do material

Script do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos


  • Natureza do suporte – papel;
  • Tecnologia do suporte – manuscrito e impresso;
  • Estado de conservação – Bom

Instrumentos de descrição

Inventário, disponível na página do Arquivo Municipal de Évora, no separador Descrições Arquivísticas.

Instrumento de pesquisa gerado

Zona de documentação associada

Existência e localização de originais

Existência e localização de cópias

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Zona das notas

Identificador(es) alternativo(s)

Pontos de acesso

Pontos de acesso - Assuntos

Pontos de acesso - Locais

Pontos de acesso - Nomes

Pontos de acesso de género

Zona do controlo da descrição

Identificador da descrição

AMEVR-AI

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

Direcção-Geral de Arquivos. Programa de Normalização da Descrição em Arquivo. Grupo de Trabalho de Normalização da Descrição em Arquivo – Orientações para a descrição arquivística. [em linha]. 2ª v. Lisboa: DGARQ, 2007. [Consult. 08 Novembro, 2010]. Disponível em WWW<URL http://www.dgarq.gov.pt/files/2008/10/oda1-2-3.pdf ISBN 978-972-8107-91-8.

Estatuto

Nível de detalhe

Datas de criação, revisão, eliminação

Línguas e escritas

Script(s)

Fontes

A própria documentação

Nota do arquivista

Maria do Rosário Piteira Martins
Técnica Superior de Arquivo da Câmara Municipal de Évora

Zona da incorporação

Assuntos relacionados

Pessoas e organizações relacionadas

Géneros relacionados

Locais relacionados